O Filho Pródigo - Lc 15:11-32

                              



Um certo homem tinha dois filhos;
E o mais moço deles disse ao pai: 
Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence.
E ele repartiu por eles a fazenda.

E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua,
e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente.
E, havendo ele gastado tudo, houve naquela terra uma grande fome,
e começou a padecer necessidades.
E foi, e chegou-se a um dos cidadãos daquela terra, o qual o mandou para os seus campos,
a apascentar porcos.
E desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam,
e ninguém lhe dava nada.
E, tornando em si, disse: Quantos jornaleiros de meu pai têm abundância de pão,
e eu aqui pereço de fome!
Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei:
Pai, pequei contra o céu e perante ti;
Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus jornaleiros.
E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe,
viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou.
E o filho lhe disse:
Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho.
Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho,
e ponde-lhe um anel na mão, e alparcas nos pés;
E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos;
Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado.
E começaram a alegrar-se.
E o seu filho mais velho estava no campo; e quando veio, e chegou perto de casa,
ouviu a música e as danças.
E, chamando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo.
E ele lhe disse:
Veio teu irmão; e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo.
Mas ele se indignou, e não queria entrar.
E saindo o pai, instava com ele. Mas, respondendo ele, disse ao pai:
Eis que te sirvo há tantos anos, sem nunca transgredir o teu mandamento,
e nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos;
Vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes,
mataste-lhe o bezerro cevado.
E ele lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas;
Mas era justo alegrarmo-nos e folgarmos, porque este teu irmão estava morto, e reviveu;
e tinha-se perdido, e achou-se.

O Amor de Deus:

Primeiro, o pai não fez nenhuma objeção, quando o filho quis sair de perto dele.
Deixou o filho ter liberdade de escolha, deve ter sido doído para este Pai, mais ele respeitou a escolha do filho, qual Pai não quer ver o filho feliz, mesmo não estando perto.
Segundo, o Pai vendo o filho ao longe, encheu seu coração de alegria,"se moveu de íntima compaixão" "não vejo aqui Ele perguntar nada, de onde veio, o que estava fazendo, se não tem vergonha na cara, bem feito, etc." Coisas que muitas vezes faz parte do nosso cotidiano, quem não já passou por essa situação, e que foi muito indagado(a), até mesmo com ameaças,
tipo ,"e ai de você se não contar a verdade!"
Quantas vezes ouvimos estas situações, ou mesmo passamos pelas mesmas.
O Pai não quis saber de nada, nem quis saber onde o filho se sujou,
APENAS ABRIU OS BRAÇOS PARA RECEBE-LO.
E não é assim que Jesus faz com nossas vidas, quando saímos, e voltamos ELE APENAS ABRE SEUS BRAÇOS DE AMOR.
Um amor tão grande que não importa o quê, e nem onde nós "sujamos as nossas vestes"
ELE APENAS NOS QUER DE VOLTA AO LADO DELE.
Esse é o Amor de Deus ! Amor que não tem explicação,
pois SÓ ELE NOS AMA DESTA MANEIRA !
Onde você estiver, fazendo o que for, se quiser, pode sentir esse ABRAÇO DE PAI QUE AMA SEU FILHO, independente do esteja fazendo, Ele que limpar você, Ele nunca vai deixar de te amar.
Você pode até pensar que está longe DELE, mais ELE nunca te perdeu de vista. Creia !

ELE SÓ QUER VOCÊ DE VOLTA!!


Fique com Jesus !

2 comentários:

james disse...

.
Graça, e paz, e amor vos sejam multiplicados, amada irmã em Cristo, Tânia Fernandes.

Temos um selo ("Vale a pena acompanhar este blog"), indicado ao seu belo espaço, visite nosso humilde blog e o receba...

Fraternalmente.

James, presbítero.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
...
..
.

Tânia C.Fernandes disse...

A Paz abençoado irmão James!
Muito obrigado ,por este selo,poxa!nem imagina ,o quanto dou importância,prova que vale apena,fazer um trabalho mesmo simples ,mais com muito amor ao Senhor Jesus.
Agradeço de coração,pra Glória do Senhor!
Deus o abençoe,sempre
E fique com Jesus

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...