AMOR - que palavra !





É um vocábulo curto com apenas quatro letras,mas repleto de todos os sentimentos que se possa imaginar. Os gregos possuem várias palavras para descrever o conceito multifacetado do amor.
Eles distinguem o amor tipo ágape do amor philia.
Ágape descreve o amor divino, enquanto philia descreve o afeto entre irmãos 
compartilhado entre seres humanos. 
Para descrever o amor íntimo entre homem e sua mulher , 
eles empregam a palavra Eros- da qual obtivemos erótico.
Amor ... 
que sentimento difícil de ser descrito com exatidão.
Ainda que tentássemos usar muitas palavras para descrevê-lo em uma única palavra, que
Significa coisas diferentes para pessoas diferentes.Isso tudo resulta em falharmos com a freqüência ao descrever a variedade ou a intensidade do impacto inebriante do sentimento amor.
O amor é para a vida o que o perfume é para a rosa.
É o tempero da vida, embelezando-a como as nuvens embelezam o céu. 
Muitas mulheres provaram o néctar do romance . 
Muitos homens se entregaram á influência da lembrança de um momento especial 
compartilhado com aquele alguém especial
Até os idosos rejuvenescem aquecidos pelas demonstrações de afeto e carinho.
Desde o balbuciar alegre de um bebê satisfeito até o calmo respirar de uma avó idosa, 
nota-se a necessidade constante e a apreciação de sentimentos
Afetuosos que influenciam o que é comum transformam o que é medíocre.
O amor é realmente o elixir mágico da alma .
É um denominador comum, algo que todos necessitamos sem considerar 
nossas diversas perspectivas ou as vicissitudes da vida.
Quer o amor seja comunicado mediante um toque suave ou um olhar úmido,
é da mensagem que necessitamos. 
O método é imaterial em comparação com magnitude da mensagem em si.
Não há medicamento que possa compara-se com os sentimentos intensos, 
apaixonados, que ardem quando o coração está amando.
É o amor que faz os sentidos se aguçarem .
É o amor que leva o coração a bombear mel para a alma e que tranqüiliza a mente . 
O sabor suave do favo satisfaz os anseios da alma.  
Sem amor, a vida perde o gosto, o sucesso é vazio.
O que pode comparar-se ao amor? 
Ele mantém vivo o homem doente e faz adoecer o indivíduo sadio.
É o amor que nos da coragem, e é também o amor que nos torna medrosos.
Ele enfraquece os fortes e fortalece os frágeis. 
É o sentimento mais inebriante que se possa ter. 
Se dado aos que merecem , é correspondido e frutífero. 
Quando investido em um oportunista vazio, 
pode criar um sentimento que machuca a alma e aflinge a mente.
Através dele, a pessoa comum pode parecer extraordinária.

Foi amor que levou Cristo á morte, 
e ainda esse mesmo amor o fez ressurgir da sepultura.


extraído do livro:
A Dama seu amado e Seu senhor
autor: T. D. Jakes

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...